Farinha de mandioca

Mandioca, aipim ou macaxeira é o nome pelo qual é conhecida a espécie comestível e mais largamente difundida do gênero Manihot, composto por diversas variedades de raízes comestível é um alimento nativo da América do Sul. A raiz tuberosa da mandioca é consumida na forma de farinhas, da qual se faz a farinha de mandioca e tapioca.

Benefícios:

A farinha de mandioca  é rica em nutrientes como ferro, cálcio e potássio.  Além disso, a farinha de mandioca conta em sua composição com vitamina B6, fonte de vitamina C, manganês, magnésio e ferro, além de fibra alimentar,  proteínas e lipídios.

Como usar:

A farinha de mandioca pode ser polvilhada com qualquer tipo de refeição,  no preparo de pirão, farofas, bolos, pães e pratos típicos como feijão tropeiro e tutu de feijão.

Cuidados ao consumir:

Considerado um alimento calórico e alto índice glicêmico, a farinha de mandioca e seus derivados não é indicada para pessoas  com diabetes ou que fazem algum tipo de dieta hipercalórica.

Fonte: wikipédia, jacomar.com