Mel de Abelhas - Florada silvestre

O mel  é um alimento, geralmente encontrado em estado líquido viscoso e açucarado, que é produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido de flores e processado pelas enzimas digestivas desses insetos, sendo armazenado em favos em suas colmeias para servir-lhes de alimento. Quanto mais escuro o mel, mais rico em minerais, conseqüentemente sabor e aroma mais forte. O mel claro é considerado pobre em minerais e apresenta sabor e aroma mais agradável. O aroma e sabor do mel são o da flor de origem, vai do doce suave ao doce forte e podendo apresentar sabor ácido ou amargo.

Benefícios:

O mel de abelhas conta com ação antioxidante e probiótica, esta última modifica o balanço da microbiana intestinal, estimulando o crescimento e/ou atividade de micro-organismos benéficos. Por ser rico em carboidratos e açúcar, ele é ótima fonte de energia, além dos minerais, a presença das vitaminas como a niacina, riboflavina (vitamina B2),tiamina (vitamina B) ácido pantoténico, vitaminas do complexo B, vitamina C, D e E, entre estes nutrientes, o potássio é o que está mais presente.

Como usar:

O mel pode ser utilizado como uma substituição saudável ao açúcar refinado na preparação de bolos, tortas, biscoitos, entre outros doces. Também é interessante consumi-lo com torradas, frutas, iogurtes, sucos e até mesmo na receita de carnes, muito usado em preparos de chás e ate mesmo puro (in natura).

Cuidado ao consumir:

Não pode ser consumido por crianças menores de 1 ano de idade.

Diabéticos devem evitar o mel, pois possui muito açúcar simples que eleva rapidamente a glicemia do sangue. 

Pessoas sensíveis com tendência a alergias.

Risco do consumo em excesso:

O mel em excesso pode aumentar o nível de açúcar no sangue.

Fontes: Apis Brasil, wikipedia.

Cristalização do Mel 

 Por se tratar de uma solução saturada de açúcares, o mel tende a cristalizar-se de forma espontânea, adquirindo uma consistência sólida, esse efeito nada mais é do que a condensação, a aglutinação, das partículas de glicose. A cristalização do mel é uma garantia da sua qualidade e de sua pureza, quando cristalizado ele mantém todas as suas propriedades nutricionais e energéticas, além de manter o aroma e sabor. Geralmente, os méis puros acabam por cristalizar com o passar do tempo. Os cristais do mel retornam ao estado liquido quando colocados em banho-maria a uma temperatura de 40 °C.