Central Veredas Artesanato

 

 

A Central Veredas, localizada na cidade de Arinos, noroeste de Minas Gerais é composta por 9 núcleos produtivos distribuídos entre os municípios de Natalândia, Sagarana/Arinos, Bonfinópolis de Minas, Riachinho, Serra das Araras/Chapada Gaúcha, Urucuia, Uruana de Minas, Buritis e Arinos, organizada numa Rede Solidária de produção, fruto do trabalho de aproximadamente 180 artesãs (os). 

A mobilização realizada em 2002 através da Artesol nos municípios do Vale do Rio Urucuia revitalizou a fiação e a tecelagem do Noroeste de Minas que até então estava se perdendo no tempo. A Central Veredas então surge em 2008 por meio de novos esforços de vários parceiros com o intuito de gerar autonomia para legitimar a rede como a revitalização cultural produtiva aliada à produção e geração de renda, fortalecimento dos núcleos garantido lhes acesso ao mercado, qualificação, aplicação de preços justo, divulgação dos produtos artesanais exercendo sua defesa socioeconômica e ambiental combatendo o trabalho escravo e promovendo a igualdade de gênero, otimizando, orientando e organizando toda a logística e comercialização dos produtos produzidos pelos núcleos em cada município que antes trabalhavam isoladamente.

Atualmente os núcleos produzem de acordo com sua essência, fruto de criatividade, inspiração e cultura do  Vale do Urucuia. Trata-se do artesanato tradicional, ou seja, técnicas adquiridas aos longos dos anos de pais para filhos com referencial de qualidade, experiência passada de geração por geração.

Todos os produtos são produzidos de forma ecologicamente correta, explorando riquezas e recursos naturais e culturais da região do noroeste de Minas Gerais conhecida como Vale do Urucuia Grande Sertão Veredas.

 

Conheça a loja virtual Central Veredas Artesanato

 

www.centralveredas.com 

FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL DA CENTRAL VEREDAS

 

O Primeiro projeto apresentado à Fundação Banco do Brasil no intuito de fortalecer a Central Veredas foi em 2008 quando ainda estava sendo institucionalizado o empreendimento. Neste período foi recebido o apoio para aquisição do acervo de produtos artesanais dos 9 núcleos no Vale do Rio Urucuia para comporem a vitrine regional de artesanato de tradição, além do apoio a contratação de uma equipe técnica responsável pela gestão do empreendimento composta por 01 gerente, 01 assistente administrativo e 08 agentes de desenvolvimento local.

Vale ressaltar que em 2009 a Fundação Banco do Brasil indicou o CDT – Centro de Desenvolvimento Tecnológico da UNB/Brasília  para trabalhar a incubação da Central Veredas, buscando a excelência na gestão, elaboração de Plano de Negócios e Planejamento Estratégicos. 

Resultados Alcançados: 

*Diversos clientes fidelizados;

* Participação em feiras interestaduais anualmente;

* Aproximadamente 180 artesãos envolvidos;

* Apoio a gestão administrativa e contábil aos núcleos;

* Produtos premiados;

* Trabalhos manuais ecologicamente sustentáveis.


No "Vão" do Urucuia fios e fibras entrelaçam o fazer e o saber...


CORES DO CERRADO - REDE SOLIDÁRIA ARTESANAL

Certificada Tecnologia Social 2011

 

OBJETIVO GERAL

Promover o aumento da renda familiar por meio do resgate de técnicas artesanais tradicionais e agregação de valor às peças através do tingimento com pigmentos naturais.

OBJETIVO ESPECÍFICO

- Mobilização e organização das mulheres do meio rural; - Capacitação em associativismo e cooperativismo; - Melhoria da qualidade de vida; - Aumento da autoestima; - Recuperação dos saberes tradicionais através do repasse e da produção continua; - Agregação da atividade na cultura local e regional; - Melhoria da produção e desenvolvimento de novos produtos a partir das técnicas já existentes; - Conscientização sobre as questões ambientais e preservação dos recursos naturais existentes no cerrado.


PREMIAÇÕES CENTRAL VEREDAS

  • Prêmio Planeta Casa - Editora Abril 2003 e 2008.
  • Prêmio Museu A Casa - 1º Lugar categoria Ação Socioambiental.
  • Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social - 2011.
  • Prêmio TOP 100 - Sebrae 1ª e 2ª edição.
  • Exposição "Mulheres Artesãs Brasileiras" - ONU New York 2013
  • Prêmio Brasil Criativo - 1º Lugar categoria Artesanato - 2016