PROJETO: RESGATE CULTURAL DO CULTIVO DE ALGODÃO PELA CENTRAL VEREDAS

Patrocinadores: ISPN / PPP-ECOS e Instituto C&A

O projeto de visa resgata uma cultura de produção de algodão com práticas agroecológicas envolvendo as mulheres associadas da Central Veredas - Rede de Associações de Artesãs que já usam o algodão pra produção do artesanato. O trabalho será realizado por meio da implantação de unidades de produção consorciada de algodão e de culturas próximas a municípios onde atuamos com a rede de artesãs. Tal ação irá promover todo o trabalho já registrado de artesanato regional de fiação, tecelagem e tingimento com corantes naturais. Pretende-se consorciar-se com algumas das espécies tintórias para trabalhos com tingimento. Justifica-se pela alta demanda por material prima (algodão de qualidade) para o trabalho das artesãs, que reduz alergias e irritações e esteja acessível.  

Objetivo Geral

Resgate das tradições e fortalecimento da Central Veredas por meio do cultivo de algodão na região junto a artesãs da associação da rede.

Objetivos específicos

1-Cultura de produção de algodão resgatada, difundida e fortalecida na rede Central Veredas. 

2-Áreas de produção de algodão agroecológico consorciado com outras plantas implantadas.

3-Gestão do projeto.

Ano - 2019/2021



CERTIFICAÇÃO TECNOLOGIA SOCIAL - FBB

ASSOCIAÇÃO CORES DO CERRADO - REDE SOLIDÁRIA ARTESANAL

Certificada Tecnologia Social 2011

OBJETIVO GERAL

Promover ou aumentar a renda familiar por meio do resgate de técnicas artesanais tradicionais e agregação de valor às peças que produzem pigmentos naturais.

OBJETIVO ESPECÍFICO

- Mobilização e organização das mulheres do meio rural; - Capacitação em associativismo e cooperativismo; - Melhoria da qualidade de vida; - Aumento da autoestima; - Recuperação dos sabres tradicionais através de repasse e produção contínua; - Agregação da atividade na cultura local e regional; - Melhoria da produção e desenvolvimento de novos produtos a partir das técnicas já existentes; - Conscientização sobre as questões ambientais e preservação dos recursos naturais existentes no cerrado.

RESULTADOS ALCANÇADOS:

Estas mulheres passaram a ver como artesãs, artistas detentoras de um conhecimento que são legítimas como representantes da cultura local. Isso permite sua inserção na comunidade, sendo chamadas para apresentações culturais locais, regionais e nacionais. Foram trabalhados os conceitos de comércio justo e a equidade de gênero. Não é permitido o trabalho infantil, nem escravo. Todas as artesãs têm boas condições de trabalho e são  responsáveis pela formação de preços dos produtos, além de toda a cadeia produtiva respeita os requisitos de sustentabilidade ambiental. 

 

Conheça essa tecnologia em: fbb.org.br

Tingideiras Evaneide, Leonivan e Heni - Associação Uruana de Minas
Tingideiras Evaneide, Leonivan e Heni - Associação Uruana de Minas
Tacho de cobre com tingimento de serragem de cedro
Tacho de cobre com tingimento de serragem de cedro


PROJETO TECENDO OS FIOS DA MEMÓRIA - Nº

Apoio financeiroSecretaria de Estado e Desenvolvimento Agrário - SEDA

Objetivo:

Ano: 2016

Duração: 12 meses

PROJETO FORTALECIMENTO DA PRODUÇÃO TRADICIONAL DA REDE DE ARTESANATO URUCUIA GRANDE SERTÃO Nº 218

Apoio financeiro: Banco Mundial/ DGM/ CAA/NM

Objetivo: Fomentar treinamentos, cursos, intercâmbio, oficinas, capacitações, dias de campo, mutirões, troca de saberes e minicursos além a da aquisição da aquisição de insumos para a produção do artesanato. Para melhor assim melhorar os processos administrativos, produtivos, logísticos, comerciais e sociais da rede de produção de artesanatos tradicionais ligados a Central Veredas no Noroeste Mineiro.

Ano: 2018

Duração: 14 meses


PROJETO DE APRIMORAMENTO TÉCNICO E QUALIFICAÇÃO DA PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS ARTESANATOS DO VALE DO URUCUIA - Nº 14.543

Apoio financeiro : Fundação Banco do Brasil

Objetivo :   Contrato de prestação de serviços administrativos, financeiro e comercial estruturado e fortalecido no Centro de Veredas e seus núcleos de produção nos municípios de Arinos (Sagarana) Bonfinópolis de Minas, Buritis, Chapada Gaúcha (Serra das Araras), Urucuia, Uruana de Minas e Natalândia.

Ano : 2014

Duração : 18 meses

 

 

 

PROJETO DE TS CORES DO CERRADO Nº 15.549

Apoio financeiro: Fundação Banco do Brasil

Objetivo:

Ano: 2014

Duração: 18 meses 

PROJETO TRANSIÇÃO AGROECOLOGIA Nº 2264/2015

Apoio financeiro: Secretaria de estado e Desenvolvimento Agrário - SEDA

Objetivo

Ano: 2015

Duração: 12 meses

PROJETO DE AQUISIÇÃO DE BENS PERMANENTES Nº

Apoio financeiroSecretaria de estado e Desenvolvimento Agrário - SEDA

Objetivo:

Ano: 2016

Duração: 12 meses


PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO DA REDE SOLIDÁRIA DE ARTESANATO URUCUIA GRANDE SERTÃO 

Nº 11.422

Apoio financeiro: Fundação Banco do Brasil

Objetivo:

Ano: 2011

Duração: 18 meses

 

PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO DO EMPREENDIMENTO DO ARTESANATO DA CENTRAL VEREDAS

Nº 11.756

Apoio financeiro: Fundação Banco do Brasil

Objetivo:  

Ano: 2011

Duração: 18 meses 

PROJETO DE APOIO DA CADEIA DO ARTESANATO VALE DO RIO URUCUIA Nº 12.448

Apoio financeiro : Fundação Banco do Brasil 

Objetivo Contrato de prestação de serviços administrativos, financeiro e comercial estruturado e fortalecido na Central Veredas e seus núcleos de produção nos municípios de Arinos (Sagarana), Bonfinópolis de Minas, Buritis, Chapada Gaúcha (Serra das Araras), Urucuia, Uruana de Minas e Natalândia.

Ano : 2013

Duração : 18 meses

 

 

PROJETO DE FOMENTO A BASE PRODUTIVA ARTESANAL CENTRAL VEREDAS Nº 12.952

Apoio financeiro: Fundação Banco do Brasil

Objetivo

Ano: 2013

Duração: 18 meses