Buscar
  • Produção COPABASE

Projeto Algodão Sustentável inicia atividades de capacitação


Em dezembro de 2019, os municípios de Arinos e Uruana de Minas (MG), ou ISPN, realizaram oficinas de capacitação e articulação com agricultores e agricultores familiares do Projeto Algodão Sustentável Não Fechado, iniciativa desenvolvida pela entidade com financiamento do Instituto C&A . O momento coletivo que orienta e estimula os beneficiários das primeiras etapas da produção de algodão, caracterizado como agroecológico. Formulários planejados onde, quando e como será produzido nas comunidades rurais, os processos de comercialização do algodão e as providências necessárias para que o Projeto se mantenha sustentável e alcance autonomia.

Ao todo, são cerca de 45 pessoas beneficiadas diretamente na região noroeste de Minas Gerais, nas cidades de Arinos, Riachinho, Uruana de Minas, Natalândia, Formoso, Bonfinópolis, Brasilândia de Minas, Santa Fé de Minas e Dom Bosco. Por ser uma produção de algodão agroecológico, também orientada para receber selo ou selo orgânico, os agricultores poderão comercializá-lo com pequenas e médias empresas de moda, ou que venham a contribuir para um consumo sustentável e consciente na sociedade, além de garantir mais geração de renda e promover a qualidade de vida das comunidades atendidas pela iniciativa.

O Projeto Algodão Sustentável faz parte do Programa Fechado e Caatinga do ISPN, e integra a estratégia de promoção de Países Ecossociativos Produtores (PPP-ECOS) da organização.

Leia mais em: ispn.org.br

0 visualização0 comentário